Sertralina para que serve

By: 21gramm Date: 13-Feb-2019
Bula do Cloridrato de <i>Sertralina</i> <i>para</i> <i>que</i> <i>serve</i> e como usar CR

Bula do Cloridrato de Sertralina para que serve e como usar CR

A sertralina é um antidepressivo ISRS e também é utilizada no tratamento do TOC (transtorno obsessivo compulsivo) por haver pesquisas que mostram sua eficácia. Ela foi descoberta por dois cientistas do laboratório Pfizer: Steve Werner e Billy Dzomba. Juntos, eles exploraram a variedade do potencial antidepressor de várias drogas e compostos e no espaço de um ano chegaram à sertralina. Com o uso do medicamento têm se observado diferenças significativas na redução dos sintomas obsessivos com o uso de doses de até 200 mg/dia, em comparação com placebo. Outros estudos não encontraram diferenças significativas de resultados na quantidade de doses utilizadas (50, 100 e 200 mg/dia). Ela pode ser também encontrada com os seguintes nomes comerciais: • Zoloft (o mais comum no mercado); • Tolvon; • Novativ; • Serenata. Ballone (2006) cita estudos de Wolkow (1997), onde mostram a eficácia da sertralina em crianças com TOC, com duração de 12 semanas, onde foram avaliadas 187 crianças que foram tratadas de forma aleatória com sertralina ou com placebo. A sertralina é um dos psicofármacos mais conhecidos para o tratamento da depressão maior, dos ataques de pânico, da ansiedade social, do estresse pós-traumático e dos pensamentos obsessivos compulsivos. Ela é bastante conhecida também por seu nome social, Zoloft, e ainda que não cure por si só essas condições médico-psiquiátricas, é muito útil para aliviar e controlar o fluxo de pensamentos e emoções negativas. Devemos escolher medicamentes de segunda e terceira geração ou podemos ficar com as fórmulas de sempre, de primeira geração? Cada vez que uma pesquisa sobre esse tipo de recurso químico usado para tratamento da saúde mental é publicada, surge uma nova polêmica. A utilização de remédios para tratar essas condições é imprescindível? A sertralina é um antidepressivo da família dos chamados inibidores seletivos de recaptação de serotonina. A evidência clínica sugere que ela funciona melhor que a fluoxetina (Prozac) em alguns subtipos de depressão. Por mais curioso que pareça, essas mesmas questões também estão presentes no cotidiano dos profissionais e especialistas que trabalham com saúde mental. Se há algo que é bastante claro hoje, no entanto, é que cada paciente requer e responde a uma estratégia diferente, exclusiva e personalizada. Haverá quem consiga superar uma depressão apenas por meio da terapia psicológica.

<i>Sertralina</i> 50 mg - Bula de <i>Sertralina</i> 50 mg <i>Para</i> <i>que</i>

Sertralina 50 mg - Bula de Sertralina 50 mg Para que

A Sertralina é uma remédio antidepressivo muito utilizado em casos de depressão e síndrome do pânico, tendo ação mais demorada nas situações de obsessão. A Sertralina pode ser comprada nas farmácias convencionais com os nomes comerciais de Assert, Sercerin, Serenata, Tolrest ou Zoloft, com receita médica. Este medicamento atua no cérebro, aumentando a disponibilidade de serotonina e começa a fazer efeito em 7 dias de uso, mas em algumas pessoas esse tempo pode ser mais prolongado. O preço da Sertralina pode variar entre 20 e 100 reais. A Sertralina está indicada para o tratamento da depressão e doenças como transtorno obsessivo compulsivo, transtorno do pânico, transtorno obsessivo compulsivo, transtorno do estresse pós-traumático e fobia social. Além disso, a Sertralina também pode ser usada para atenuar os sintomas da síndrome da tensão pré-menstrual (TPM). O modo de uso da Sertralina varia de acordo com o problema a tratar e, por isso, a dose deve ser sempre orientada pelo psiquiatra. Una pequeña cantidad de niños, adolescentes y adultos jóvenes (hasta 24 años de edad) que tomaron antidepresivos ('elevadores del estado de ánimo') como la sertralina durante los estudios clínicos tuvieron tendencias suicidas (pensaban en lastimarse o suicidarse o planeaban hacerlo o intentaban hacerlo). Los niños, adolescentes y adultos jóvenes que toman antidepresivos para tratar la depresión u otras enfermedades mentales tienen más probabilidades de tener pensamientos suicidas que los niños, adolescentes y adultos jóvenes que no toman antidepresivos para tratar esas condiciones. Sin embargo, los expertos no están seguros sobre qué tan grande es este riesgo y hasta qué punto debe considerarse al decidir si un niño pequeño o adolescente debe tomar un antidepresivo. Debe saber que su salud mental puede cambiar de maneras inesperadas al tomar sertralina u otros antidepresivos incluso si es un adulto mayor de 24 años de edad. Usted puede tener pensamientos suicidas, especialmente al inicio de su tratamiento y en cualquier momento que se aumente o disminuya su dosis. Usted, su familia o su encargado del cuidado deben llamar a su médico inmediatamente si experimenta alguno de los síntomas siguientes: depresión nueva o que empeora; pensar en lastimarse o suicidarse o planificar o intentar hacerlo; preocupación extrema; agitación; ataques de pánico; ansiedad nueva o que empeora; dificultad para conciliar el sueño o mantenerse dormido; comportamiento agresivo; irritabilidad; actuar sin pensar; inquietud grave; y excitación anormal frenética. Asegúrese de que su familia o encargado del cuidado conozcan los síntomas que puedan ser graves para que puedan llamar al médico si usted no puede buscar tratamiento por su cuenta.

Sertraline 50mg Day#3 - YouTube

Sertraline 50mg Day#3 - YouTube

Cada comprimido revestido de 50 mg contém: cloridrato de sertralina.................................. 56 mg (equivalente a 50 mg de sertralina) excipientes q.s.p. 1 comprimido revestido (lactose monoidratada, celulose microcristalina, amidoglicolato de sódio, hiprolose, estearato de magnésio, dióxido de titânio, hipromelose, macrogol, polissorbato). O cloridrato de sertralina é um medicamento indicado para o tratamento da depressão acompanhada por sintomas de ansiedade, do transtorno obsessivo compulsivo em adultos e crianças acima de 6 anos de idade, do transtorno do pânico, do transtorno do estresse pós-traumático, da fobia social ou transtorno de ansiedade social e da síndrome da tensão pré-menstrual e/ou transtorno disfórico pré-menstrual. O diagnóstico da depressão é feito com base nos sintomas apresentados, em como a pessoa se apresenta física e emocionalmente no momento e em uma breve análise do seu histórico de vida e familiar. Portanto, o especialista precisa fazer uma avaliação para entender quais condições podem levá-lo(a) a ter depressão. O cloridrato de sertralina age sobre uma substância encontrada no cérebro, chamada de serotonina, aumentando sua disponibilidade e com isso aliviando os sintomas depressivos e ansiosos, típicos dos transtornos para os quais é indicado. De acordo com a bula do medicamento, ele começa a agir em sete dias. A sertralina (cloridrato de sertralina 50 mg) é um medicamento que serve para tratar depressão, ansiedade, transtorno obsessivo compulsivo (TOC), transtorno do pânico, estresse pós-traumático, fobia social, tensão pré-menstrual (TPM) e/ou transtorno disfórico pré-menstrual. A sertralina atua sobre a serotonina, um hormônio que está associado à sensação de prazer e bem-estar. O cloridrato de sertralina aumenta a produção dessa substância no cérebro, combatendo os sintomas da depressão, da ansiedade e dos outros transtornos psíquicos. Cerca de uma semana após o início do tratamento, o medicamento já começa a fazer efeito. Porém, o tempo para se observar resultados e melhorias dos sintomas varia de pessoa para pessoa e de acordo com a doença que está sendo tratada. Os principais efeitos colaterais da sertralina são: boca seca, aumento da transpiração, tonturas, tremores, diarreia, amolecimento das fezes, sonolência, má digestão, náuseas, falta de apetite, insônia, sonolência e atrasos na ejaculação. Outros efeitos secundários que podem ocorrer com o uso do cloridrato de sertralina:⇒ Diminuição do número de glóbulos brancos e plaquetas;⇒ Palpitações, aumento da frequência cardíaca, zumbido no ouvido; ⇒ Aumento dos níveis de prolactina, mal funcionamento da tireoide, produção inadequada de hormônio antidiurético; ⇒ Dilatação das pupilas, alterações visuais, dores abdominais, prisão de ventre; ⇒ Pancreatite, vômitos, fraqueza, dor no peito, inchaço em mãos e pés; ⇒ Febre, mal-estar, hepatite, icterícia (olhos e pele amarelados), mal funcionamento do fígado; ⇒ Alergia, aumento do colesterol, aumento do peso e do apetite; ⇒ Dores articulares, cãibras, convulsão, dor de cabeça, alterações motoras; ⇒ Formigamentos, diminuição da sensibilidade, desmaios, entre outros.

<strong>Sertralina</strong> 50 mg - Bulário
Sertralina 50 mg - Bulário

Sertralina 50 mg é indicada para o tratamento da depressão acompanhada de ansiedade, do Transtorno Obsessivo. SERTRALINA para que sirve reacciones y mas depresion estress posttraunatico fobia social FLUOXETINA & SERTRALINA Alimenta tu Cerebro #02 Sertraline HCl Un mes después mi vida con antidepresivos 50mg Sertraline Zoloft.

Sertralina para que serve
Rating 4,8 stars - 463 reviews